English

BitVoicer Server

BitVoicer Server

O BitVoicer Server é um servidor de reconhecimento e síntese de fala para automação por voz. Ele foi desenvolvido para permitir que dispositivos simples, com pequeno poder de processamento, possam ser operados através de comandos de voz.

De maneira geral, microcontroladores não possuem poder de processamento e memória suficientes para realizar reconhecimento e síntese de fala avançados. O BitVoicer Server elimina os efeitos dessas limitações realizando o trabalho pesado. Dessa forma, o microcontrolador pode destinar a maioria de seus recursos à sua funcionalidade principal.

Em uma solução de automação do BitVoicer Server, os microcontroladores podem atuar basicamente de três formas: como dispositivos de entrada, como dispositivos de saída, ou como dispositivos mistos.

Dispositivos de entrada são aqueles capazes de capturar, digitalizar e enviar fluxos de áudio para o servidor. Quando o BitVoicer Server identifica um dispositivo de entrada, ele aloca um Motor de Reconhecimento de Fala (Speech Recognition Engine - SRE) exclusivo para este dispositivo. Os SREs analisam constantemente os fluxos de áudio enviados ao servidor e quando uma sentença previamente definida é identificada, o BitVoicer Server realiza as ações definidas pelo usuário. Estas ações são chamadas de comandos no BitVoicer Server e podem ser usadas para executar outro programa no servidor, sintetizar fala, reproduzir um arquivo de áudio ou enviar dados a dispositivos de saída ou mistos. O usuário pode definir um ou vários comandos para cada sentença. Também é possível definir a ordem que os comandos são executados, o intervalo entre eles e quais dispositivos de saída ou mistos serão os alvos dos comandos, ou seja, com apenas uma licença de dispositivo de entrada é possível controlar diversos dispositivos de saída. E por fim, há os dispositivos mistos que são aqueles capazes de atuar como dispositivo de entrada e saída ao mesmo tempo.

Embora o BitVoicer Server tenha sido desenvolvido principalmente para automação por voz de dispositivos eletrônicos, também é possível utiliza-lo para automação de aplicativos. Isso é possível porque o BitVoicer Server pode utilizar o adaptador de áudio do servidor para capturar e reproduzir áudio. Além disso, o BitVoicer Server expõe serviços Windows Communication Foundation (WCF) para comunicação com aplicativos externos. Os serviços WCF expostos pelo BitVoicer Server utilizam especificações Web Service (WS) que permitem a integração com diversas plataformas de desenvolvimento (ex. Java, Delphi, etc.). No caso de desenvolvimento .NET, há ainda a opção de utilizar a biblioteca de integração descrita na documentação do produto.

Dispositivos clientes podem se comunicar com o BitVoicer Server através de duas interfaces de comunicação: serial e TCP/IP. Também são suportadas portas seriais virtuais como aquelas criadas por adaptadores Bluetooth ou USB/Serial. Isso permite que o BitVoicer Server consiga enviar comandos para dispositivos que utilizam outros protocolos de comunicação.

Para maiores informações sobre o BitVoicer Server, consulte o Manual do Usuário.

Características Principais:

  • Suporte a 17 idiomas de 26 países e regiões:
    • Alemão (Alemanha)
    • Catalão (Catalunha)
    • Chinês (China, Honk Kong e Taiwan)
    • Coreano (Coréia)
    • Dinamarquês (Dinamarca)
    • Espanhol (México e Espanha)
    • Finlandês (Finlândia)
    • Francês (Canada e França)
    • Holandês (Holanda)
    • Inglês (Austrália, Canada, Índia, Reino Unido e Estados Unidos)
    • Italiano (Itália)
    • Japonês (Japão)
    • Norueguês (Noruega)
    • Polonês (Polônia)
    • Português (Brasil e Portugal)
    • Russo (Rússia)
    • Sueco (Suécia)
  • Multi-dispositivo: O BitVoicer Server possui um novo gerenciador de motores de reconhecimento e síntese de fala capaz de atender a múltiplos dispositivos simultaneamente. Cada dispositivo pode funcionar como um ponto de captura ou reprodução e possuir seu motor de reconhecimento ou síntese de fala exclusivo.
  • Protocolo aprimorado: O BitVoicer Server Protocol (BVSP) traz melhorias significativas com relação ao protocolo de comunicação usado nas primeiras versões do BitVoicer. Agora dispositivos clientes podem obter informações de status do servidor e trocar dados com outras aplicações rodando no servidor através do mesmo canal de comunicação usado para transmitir áudio.
  • Serviço do Windows: Além de consumir poucos recursos de hardware, o BitVoicer Server é executado como um serviço do Windows. Isso permite que o BitVoicer Server se torne um recurso transparente e cause pouca ou nenhuma interferência na interface do usuário.
  • Integração: Desenvolvedores de aplicações podem recuperar os resultados dos reconhecimentos realizados pelo servidor e trocar informações com dispositivos clientes através de serviços Windows Communication Foundation (WCF) ou através da nova biblioteca de integração .NET.
  • Não requer treinamento dos motores de reconhecimento de fala.
  • Não requer gravação das sentenças a serem reconhecidas.
  • Reconhecimento independente do orador.
  • Número ilimitado de sentenças, comandos e dispositivos.
Arquitetura Arquitetura Arquitetura Arquitetura